Ao se falar sobre modelos digitais de elevação o primeiro nome que vem à mente é SRTM. Mérito total a primeira missão que fez o registro de altitude de grande parte do globo terrestre e também por ter sido o primeiro modelo disponibilizado gratuitamente.

Com uma grande base de usuários e aplicações das mais diversas possíveis em todo o mundo; ainda hoje, mais de 15 anos depois de sua disponibilização, os dados SRTM ainda são muito confiáveis e continuam dando respaldo a esses usuários.

Entretanto, estamos falando de um produto com resolução espacial de 90 metros e, para aplicação em realidades de grande escala, ou seja, que requerem um maior poder de detalhamento, esses dados não atendem às aspirações. Logo, essa resolução é compatível com dados cartográficos de escala 1:450.000 (Veja esse artigo para entender a relação Escala x Resolução Espacial).

Assim como o SRTM, outros produtos desta natureza foram sendo disponibilizados ao longo dos anos e trazendo consigo uma melhoria significativa nas resoluções espaciais que, melhoraram em até 3 vezes, isto é, resoluções de 30 metros e, portanto, compatíveis com a escala de 1:150.000. O exemplo disso são os dados Aster GDEM, Topodata, SRTM30 e Alos30

Todavia, enquanto não são disponibilizados os dados de MDE com resolução espacial de 5 metros, denominados AW3D, o que tem-se para agora se aproxima um pouco dessa resolução e atende pelo nome de Alos Palsar.

A nova geração desses dados entrega uma resolução espacial de 12,5 metros (compatível com a escala 1:62.500) e foi registrada/capturada com resolução de 10 metros. No entanto, de acordo com o guia do produto, os dados sofreram um down sampling, ou seja, foram reamostrados para a resolução 30 metros, a fim de corrigir geometricamente os dados, sendo em seguida reamostrados novamente (up sampling) para a resolução 12,5.

Abaixo, para uma melhor compreensão, a animação do relevo sombreado compara a evolução das resoluções espaciais dos dados SRTM 90m, Topodata 30m e Alos 12,5m.

dem.gif

 

DOWNLOAD

Para fazer o download dos dados acesse o site https://vertex.daac.asf.alaska.edu/

Faça o registro no site e/ou logue-se em seguida. Não há burocracia para registrar-se.

HomepageDownloadAlos.png

 

Em seguida, determine a região geográfica que deseja baixar os tiles dos dados. Use o mapa para determinar o nível de zoom e trace um retângulo na área desejada. A seleção ficará em azul.

Regiao.png

 

Depois, na guia Dataset desmarque as opções Sentinel-1B e Sentinel-1A e marque a caixa de seleção ALOS PALSAR, clicando em seguida no botão Search.

Dataset.png

 

As entradas resultantes da busca aparecerão no lado direito da tela. Ao passar o mouse sobre o resultado, o tile correspondente se acenderá no mapa, indicando a cena selecionada.

DICA: Os dados de altitude correspondem às cenas que contenham a indicação FBS (círculo azul).

Selecao.png

 

Ao clicar na entrada desejada, uma camada de contexto será aberta no navegador contendo as informações da cena escolhida e indicando as opções de download.

Para baixar os dados com resolução espacial de 12,5 metros, clique no botão Download na linha Hi-Res Terrain Corrected.

Escolha o diretório e salve o arquivo.

DownloadGranuleSelected

 

Repita o processo quantas vezes forem necessários para compor a área desejada e, em seguida realize o mosaico usando o seu SIG favorito.

Bom pessoal, então é isso. Espero que você possa obter sucesso com os dados, fazendo o uso adequado à escala compatível em sua pesquisa ou trabalho.

Até a próxima.